HOME  ::     ::  
   domingo, 25 de agosto de 2019
Module Border Module Border
  Noticias 



Sindicatos no compasso do desenvolvimento


Sindicatos no compasso do desenvolvimento Data: 25/06/2012 Ritmo, ensaio e vontade são ingredientes fundamentais para uma bateria nota dez. O trabalho conjunto da Fiemg, com coordenadores de sindicatos patronais, foi para a avenida mostrar como a harmonia entre profissionais sindicais e empresários dá samba. Visando melhores práticas de gestão e fortalecer o associativismo, a Federação promoveu, entre 21 e 23 de junho, o 6° Encontro de Coordenadores Sindicais, no Tauá Hotel, em Caeté. Depois de um primeiro dia de trabalho para capacitar os coordenadores dos sindicatos filiados à Fiemg, o evento terminou com a montagem de um samba-enredo para a Fiemg – paródia de “Explode coração”, do Salgueiro – e da execução da música com uma bateria formada por tamborins, caixas, repiques e surdos. Os letristas e instrumentistas foram os próprios coordenadores. Todos entenderam, na prática, como atuar em equipe é importante para fabricar um produto de sucesso. A proposta é que os conhecimentos absorvidos sejam aplicados no cotidiano dos sindicatos, para o desenvolvimento da indústria mineira. “O coordenador sindical é peça fundamental no sistema indústria. Com ele, podemos lutar pela indústria e pelo país, porque são esses trabalhadores que motivam o industrial para o associativismo”, afirmou o presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., que acompanhou parte do 6° Encontro. Para ele, o trabalho dos sindicatos patronais é de base e de alavancar o crescimento das empresas. “Por meio dessas entidades, empresas, principalmente as pequenas, conseguem oportunidades de negócios e de capacitação”, garante. Outra novidade dessa edição do evento foi a participação de representantes de seis federações de indústrias – ES, RJ, PR, AL, CE e GO –, que vieram conhecer o projeto, inovador no país. O objetivo é implementá-lo em todas as regiões, com o apoio da CNI. “Se continuarmos assim, no ano que vem, poderemos contar com representantes das federações de indústrias de todo o Brasil”, afirmou o assessor de relações sindicais e chefe do gabinete da presidência do Sistema Fiemg, Antônio Marum. Os temas do 6° Encontro visaram estimular as capacidades e as habilidades dos chamados “Coordenadores 3.0”, profissionais que se destacam pela excelência, autonomia, conhecimento, engajamento e independência. Para isso, foram programadas quatro oficinas, em que os participantes aprenderam, de maneira interativa e dinâmica, a importância da comunicação, do relacionamento, da produtividade e da comunicação para a gestão eficiente dos sindicatos. As ferramentas para uma boa administração, as estratégias de relacionamentos, o planejamento das atividades e a gestão proativa e responsável foram alguns dos assuntos trabalhados pelos coordenadores. “Participo do projeto desde 2008 e posso afirmar que a cada ano aprendo novas estratégias, fundamentais para o meu dia-a-dia”, garantiu o coordenador do Sindicato das Indústrias de Explosivos no Estado de Minas Gerais, Américo da Silva. Já a coordenadora do Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais, Cristian Kely, destacou como a dinâmica do evento contribuiu para a otimização do aprendizado. “Tudo foi trabalho de maneira interativa, e os assuntos destacados irão contribuir para a minha rotina diária. Este projeto se supera e se renova a cada nova edição”, garantiu. Confira os depoimentos das representantes das federações das indústrias que conheceram o evento: Lúcia Abreu Gestora do Programa de Desenvolvimento Associativo da Federação das Indústrias do Estado do Ceará Esse encontro promovido pela Fiemg é fundamental e servirá de referência para programarmos o projeto no Ceará. O nosso objetivo é aprender para que possamos aplicá-los, aumentando o associativismo e fortalecendo a representatividade dos nossos sindicatos. Cintia Peterle Gestora do Programa de Desenvolvimento Associativo da Federação das Indústrias do Espírito Santo Essa experiência é muito importante e foi isso que nos trouxe até aqui. Pretendemos implantar também uma formação de excelência em gestão sindical no Espírito Santo. Essa iniciativa da Fiemg é muito inovadora. Neli Pimenta Gestora dos sindicatos da Federação das Indústrias do Estado de Goiás Estamos buscando promover em Goiás encontros como o que está sendo realizado pela Fiemg. Este evento dá uma oferece um ótimo parâmetro para tudo o que podemos realizar. Ana Paula Oliveira Gestora do Programa de Desenvolvimento Associativo da Federação das Indústrias do Estado do Paraná Esse projeto da Fiemg é muito interessante porque foca o desenvolvimento do coordenador enquanto um gestor, desenvolvendo as suas habilidades. Com certeza levarei ações que desenvolveremos no Paraná. Valéria Guimarães Especialista em projetos empresariais Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro Aqui foi um ambiente de trocas de informações. Nós, da federação do Rio de Janeiro, observamos os diversos modelos, as melhores práticas, e buscamos sempre fortalecer os sindicatos do estado. Achei muito interessante a dinâmica e o conteúdo que está sendo apresentado neste encontro. Andrélia Marinho Técnica da unidade sindical do Plano de Desenvolvimento Associativo da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas Não tivemos ainda a oportunidade de realizar uma capacitação tal como essa promovida pela Fiemg. Foi muito rica a dinâmica de colocar todos os coordenadores em um único ambiente, possibilitando a troca de diferentes experiências. O Encontro de Coordenadores Sindicais é uma realização da Fiemg e conta com o apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG). A iniciativa integra o Programa de Desenvolvimento Associativo. Programa de Desenvolvimento Associativo O Encontro de Coordenadores Sindicais, criado pela Fiemg em 2007, estimulou a concepção, pela Confederação Nacional da Indústria, do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), conforme explica Antônio Marum. “A CNI acompanhou diversas atividades do encontro de coordenadores e adaptou o projeto para as demais federações, dando origem ao PDA”. O Programa tem o objetivo de ampliar e legitimar a representatividade e a eficácia dos sindicatos de todo o pais, por meio de cursos e capacitações voltados para os gestores, executivos e presidentes das instituições. Outras informações sobre o PDA podem ser obtidas através do site da CNI, no www.cni.org.br. Para mais informações ligue: (31) 3282 - 7460

Voltar
Module Border Module Border